Namorando o vizinho

Que significa sonhar com namorando com vizinho? Significado de namorando com vizinho na resultados da pesquisa:. Dicionário dos Sonhos - interpretação de sonhos com namorando com vizinho. & significado dos sonhos com namorando com vizinho.Cerca de 78 resultados em dicionário de sonhos, onde você pode encontrar o símbolo, você está procurando. Sonhar com tava namorando com meu vizinho (16 significados de sonhar com tava namorando com meu vizinho) O sonho sobre um vizinho que tem mesmo simboliza um aspecto de sua personalidade com base em suas memórias dessa pessoa ou sentimentos mais honesto. Pergunte-se que uma coisa se destaca a mais sobre essa pessoa e tentar ver como essa ... Que significa sonhar com namorando o vizinho? Significado de namorando o vizinho na resultados da pesquisa:. Dicionário dos Sonhos - interpretação de sonhos com namorando o vizinho. & significado dos sonhos com namorando o vizinho.Cerca de 25 resultados em dicionário de sonhos, onde você pode encontrar o símbolo, você está procurando. O que significa sonhar com tava namorando com meu vizinho? Interpretação & Significado dos Sonhos com: tava namorando com meu vizinho (Aproximadamente 7 resultados) Vizinho. Sonhando que você tem um bom vizinho significa que você desfrutar de tranquilidade. Sonhar com namorando o vizinho significados sonharcom.co - Significado dos Sonhos, Interpretação dos sonhos, Dicionário dos sonhos, Livro dos Sonhos Main menu. ... Para ver o seu vizinho levar em baldes de carvão, prediz seu entorno será decididamente desagradável e desarmônico. Aqui mesmo? Comendo o vizinho na escada do prédio. A situação chegou no famoso ponto sem volta. Era agora ou nunca. O bombado não ia mais aguentar aos joguinhos do vizinho e ia resolver tudo naquele dia. Chegou do treino e encontrou o puto como sempre. O olhar de cachorro pidão hoje ia ter sua fome satisfeita. Começou aquele agarra-agarra do lado de fora do apartamento. Agora você já sabe o que fazer com vizinhos que incomodam e vizinhos chatos. A grande verdade é que se o diálogo não funcionar, as alternativas ficam escassas. Ou você se muda de cidade ou pede ao universo para levar o vizinho para bem longe. É terrível ter que conviver com vizinhos que não demonstram respeito e empatia para com o ...

Lembro sempre de um amigo morto a tiros

2020.09.27 18:09 malacoijuju Lembro sempre de um amigo morto a tiros

Hoje sou um homem de meia idade. Quando tinha mais ou menos uns 14 anos, trabalha em uma rua onde morava um Garoto, que sempre foi muito levado. Ele pichava, quebrava vidros, brigava, gostava de andar com bandidos e usar drogas. Gostava de bandas de rock e a imagem que tenho dele é com aquelas camisas pretas do nirvana, Iron Maiden, black sabath, ozzy etc. Sempre aprontávamos juntos, uma vez na cidade do interior colocamos um fogão velho no trilho do trem. Ele era uns 2 ou 3 anos mais novo que eu. Gostávamos de ficar azarando as meninas e as vezes ficarmos com elas. Certa vez eu estava meio que namorando com uma menina e iria viajar para outro estado por uns 3 dias. Então pedi para ele tipo olhar ela. Sabe o que ele fez? Foi la e pediu ela pra ficar. Quando cheguei ela me contou. Na mesma hora rompi as relações com ele por completo. Ele foi seguindo a vida dele e eu a minha. Ele sempre andando com traficantes e eu trabalhando. Passaram uns anos e Um certo dia os vizinhos e conhecidos contam que ele foi morto com dezenas de tiros. Não fui na enterro, mas fui na missa de sétimo dia. E la também estava a minha ex namorada que mencionei acima. Eu não tenho nenhuma magoa por ele, e achava ele um cara interessante! Acho que ele fez isso mais por uma questão de disputar e pq a menina era bonita.
O que não entendo é que sempre lembro dele, não sei o pq... minha relação com ele foi bem breve e não vou nada intenso.
Desejo que ele esteja em um bom lugar!
submitted by malacoijuju to desabafos [link] [comments]


2020.09.22 21:25 hiroshibear O namorado de minha amada.

O título é interessante e por vezes pode ilustrar algo cômico. A situação na totalidade é confusa, complexa e cansativa, o que me fez repensar e evitar postar algo aqui durante um bom tempo.
Contudo nós cansamos, ficamos exaustos e precisamos absorver e observar com opiniões de outrem, que felizmente, não estão envolvidos e não possuem vínculos com nenhum dos citados aqui.
Conheço uma menina fazem alguns anos, nós sempre conversamos e tivemos uma relação interessantíssima. Ela é uma daquelas meninas que gostam de arte, de literatura, poesia e de estar em situações que liberam a adrenalina em seu estado mais puro.
Ela me contou que estava namorando e que estava feliz com isso. Prontamente desejei meus votos sinceros para o amor que continha a sua iniciação a partir daquele ponto.
Nós continuamos conversando, trocamos mensagens e saímos para tomar umas bebidas, entretanto sem malícia alguma, apenas na amizade mesmo. Éramos acompanhados por outros amigos e a nossa relação enquanto amizade estava intensa e belíssima. A realidade é que sou apaixonado por ela.
Cerca de alguns meses atrás, a recebi em minha casa, chorando e sem entender absolutamente nada. Os braços dela estavam machucados e ela estava com um olhar pesado, como de quem havia chorado muito e só gostaria de relaxar um pouco. A propósito, pouco a pouco as peças foram se encaixando e entendi a situação.
Fran estava sofrendo com ameaças, abusos emocionais e, em específico naquela noite, com uma agressão verbal e física. Ver ela daquela maneira corrompeu um pedaço de meu sentimento e chorei junto a ela.
Prontamente me coloquei a favor dela, deixando-me a sua total disposição, conversando e dando todo o suporte emocional que fosse necessário.
Fran me disse que iria terminar com ele na noite seguinte, por mensagem e que estava com medo de sofrer com represálias de amigos e parentes, além do medo de ocorrer ataques e perseguição vinda do Guilherme, que é o atual ex namorado dela, pasmem.
Estava exaltado, queria correr atrás dele enquanto precisava dar suporte e carinho para ela. Sou um homem que segue o lado racional, portanto, ela me mostrou todos os machucados e eu fiquei fazendo os curativos nela.
Quando eram por volta de três e meia da manhã, a chamei para ir dormir, e nós fomos. Ela tentou me beijar e eu recusei em respeito aos votos de fidelidade ao atual relacionamento.
Disse para ela que, caso quisesse ficar comigo, que teria que terminar o relacionamento primeiro. E que isso, embora ele possa até merecer, é algo injusto e que não cabe a mim. Fran concordou e se deitou ao meu lado para dormir.
Noutro dia tudo correu bem, ela terminou e me contou pessoalmente. A notícia se espalhou até que rapidamente, visto que nós moramos próximos de nossos amigos e somos quase que vizinhos um do outro.
Eu e Fran ficamos algumas vezes, transamos, trocamos cartinhas e todas as coisas fofas que vocês podem imaginar. Até chegarmos no estágio de anteontem.
Anteontem nós estávamos conversando sobre o futuro, e ela gradualmente foi me revelando suas inseguranças e seus planos. Me confessei para ela, disse tudo o que eu sentia, disse o quanto eu a amava e o quão seria bom ter ela todos os dias.
Fui retribuído, embora não fosse da forma que eu tenha pensado que ela faria. Acredito que a vergonha e a sinceridade da situação acabou ocasionando isso.
Agora, cá estou eu, pensando em como pedir Fran em namoro. Ela é uma menina bela, e eu a amo, amo o suficiente para querer ficar com ela durante toda a minha vida. O problema é que, assim que a pandemia acabar, ficarei mais distante fisicamente, pois terei que me mudar.
Ficarei um ano fora para resolver questões de família e ela poderia ir comigo caso pudesse e quisesse. Acredito que querer pode até ser que sim, todavia ela ainda está com certa dependência ao trabalho e ajuda a cuidar da mãe que está doente.
O que vocês fariam, amigos?
Fraternalmente, Anônimo do Reddit.
submitted by hiroshibear to desabafos [link] [comments]


2020.09.07 02:09 ___anonimo___ Desabafo sobre minha triste vidinha

Meu nome é Ruan tenho 13 anos, e bem nao tenho uma história mais preciso desabafar em algum lugar
Tudo começou no ano passado quando meus vizinhos foram embora e uns noia e uma mina foram morar na casa, estava tudo indo bem até que meu pai resolveu dar carona pra filha da mina, a bomba tinha sido emplantada, a filha dela disse pra minha irmã que meu pai e a mãe dela estavam namorando, Minha irmã chegou em casa mas não disse nada, alguns minutos depois a vizinha e a filha dela batem no portão e a vizinha diz:
-maria pede desculpas pelo que você disse para carls (só vou censurar o nome da minha irmã e da minha mae) E minha mãe disse:
-oque ela disse Carls
-ela disse que meu pai e a mãe dela estão namorando
Nessa hora minha mãe e minha irmã entraram pra dentro e eu perguntem quem era e oq queriam minha mãe me contou e assim tive minha primeira crise de anciedade. Depois disso foram só brigas e meus planos de matar aquela vaca. Até que meu pai foi embora pra Ponta Grossa PR, eu não sabia oq fazer, até que minha mãe foi até lá conversar com ela naquele momento eu sentei e tive outra crise de ansiedade até que apareceu a minha melhor amiga um anjo que veio pra me salvar e deu uma de pisicologa e me ajudou a se acalmar. Um tempo depois meus pais descobriram q aquela vaca estava mentindo e se reconciliaram, e agente foi morar com meu pai em Ponta Grossa. Adivinha oq eu fiz no meu primeiro dia em ponta grossa, fui pra escola -_-, lá eu conheci muita gente legal e uns idiota que me faziam rir, também conheci um cara que amo até hj, Rainaro, (vou variar os nomes) bem agente era amigo, até que o ano acabou e lá vou eu pra 8° série de manhã e ele atarde (minha mãe não me deixava sair além de ir no mercado ent não podia sair pra ver meus amigos), como ele estava estudando atarde eu fiquei todos os recreios sozinho, até que eu chego na escola e lá está ele, o fdp foi estudar de manhã, bem agente trocou watts e continuamos nossas vidas, (esqueci de dizer que na 7° série eu tirei as costas dele do lugar mas ele esqueceu disso), e eu que nunca tinha me metido em briga arrumei briga com dois caras, mas a pandemia começou e n deu em nada.
Tem pt dois
submitted by ___anonimo___ to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.01 06:04 Rafael-sulizx O pior mico da minha vida ;-;

Hey lubinha, editores, gatas e turma que está a ler Então...
hoje eu vim contar um mico que aconteceu cmg e isso foi na escola :D
a histora é grande mas vale a pena
esse foi o pior mico que eu ja tive na minha vida mds que trauma'-'
Então, Esse ano eu mudei de escola esse ano pois fui pro 6º (sim eu tenho 11 anos) e meu melhor amigo e melhor amiga tbm, Fiquei muito feliz com isso pois nós temos 4 anos de amizade. Tudo de boah até então mais eis que na 2º semana de aula eu estava andando de boah por ai quando do nada olho pra fila da cantina e vejo um menino LINDO
então se passou uns 5 minutos de eu olhando para ele e fui correndo contar pro meu melhor amigo todo animado e falando
" ZIPÉR (vamos chamar ele assim) EU TAVA NA FILA DA MERENDA E VE UM MENINO LINDO TIPO VC PRECISA VER! '' Então ele foi comigo ver o menino ent eu apontei quem era e ele olhou e falou "Aquele menino é meu melhor amigo e meu vizinho :0''
então eu fiquei tipo NÃO CREIO e falei "MANO ME APRESENTA PRA ELE PLMDS" ele falou ok
(OBS: Na minha escola tem 3 recreios pois é periodo integral então tem 3 recreios um de 20 minutos, um de 1h e o ultimo de 20 minutos
fiquei os recreios inteiros só olhando pra ele quando todo apaixonado (Sim eu comecei a gostar dele sem nunca ter falado com ele e na primeira vez que eu vi ele e por sinal ele tem 15 anos e eu 11) :D
uma semana depois no primeiro recreio do nada eu cheguei nele e falei "Ah eu sei que talvez vc não saiba que eu existo mas vc pode me encontrar no 2º recreio? Ele riu e falou "ok" (vamos chamar ele de calrs)
Quando eu tava pronto a cada passo que eu dava era a mesma coisa, uma crise de anciedade imensa e passei mau e depois fiquei reclamando até o final da aula o quanto minha vida é uma merda e meu intestino é uma merda por ter vomitado naquela hora
alguns dias depois minha outra mlhr amiga falou: Fala pro calrs que vc gosta dele
É agr que a desgraça cmc :D
Depois de 20 minutos enrrolando a irmã dela q tbm é minha melhor amiga me levou la e falou "ele gosta de vc" Eu sai correndo ele nem escutou, Ela me buscou, Ele tava passando do meu lado e eu pensei " se n for agora n vai nunca" Então em panico eu sai gritando CALRSSSSS E PULEI NO BRAÇO DELE e falei q gostava dele, obviamente ele ficou assustado e falou andando meio puto "eu ja to namorando algm"
meu coração tava super acelerado e eu tava tremendo muito, abracei minha mrlh e ela percebeu isso e depois falou "F no chat rafa"

POREM ISSO NÃO É O PIOR ;-;
Alguns dias depois eu tava no recreio pleno e o ziper me chamou pra ir com ele (ele tava com o calrs) E o ziper depois pegou meu braço e estendeu minha mão pro calrs e ele encostou a mão dele na minha tipo um toque e eu todo iludido sai correndo por ai quase explodindo de felicidade achando que ele tinha pegado na minha mão fui falar pra sun "SUNN VC N VAI ACREDITAR NOQ ACONTECEU O CARLS PEGOU NA MINHA MÃO O ZIPER VIU MDS TO SUPER FELIZ AHH"
quando eu olho para tras O CARLS ESTAVA LA ME OLHANDO RINDO E QUANDO EU OLHEI PRA ELE, ELE SAIU ANDANDO E RINDO, Nessa hora eu só queria sumir de tanta vergonha ent pensei "pq n me tacar no chão?'' Eu me taquei no chão com tanta força que estava segurando no braço da minha amiga e ela caiu cmg, eu cai em cima dela e dps n quis levantar de vergonha, Nisso o ziper chegou e veio falar cmg e eu ali uns 5 minutos no chão e eu n queria mais sair dali de tanta vergonha ent fiquei uns minutos ali. ai depois o ziper mostrou pro calrs as fotos que eu tirei dele escondido (msm ele ja sabendo das fotos) (OBS: o ziper consegui desbloquear meu celular com a digital dele pq eu coloquei a digital dele no meu celular) depois fiquei o dia inteiro chorando e sempre que lembrava daquilo ficava morrendo de vergonha e ficava com vontade de chorar dnv
(OBS ; Eu ainda gosto dele ;-; ) Teve MUITA mais coisa mas se eu contasse iria ficar enorme pois oque aconteceu cmg depois que eu conheci aquele garoto virou uma novela mechicana mas enfim é isso lubixco espero q tenham gostado >30
submitted by Rafael-sulizx to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.24 22:52 anaa3009 Sou babaca por não falar mais com meu primo por ele terminar com a namorada dele?

oi lubisco, editores maravilhosos e turma que estar a ver. Vim contar esse barraco que aconteceu na minha família no íncio do ano. Eu vou contar na versão minha e de minha prima pq nos éramos as mais próximas desse primo(ele tem 26, minha prima 21 e eu 15 e msm sendo mais nova eu sempre fui muito próxima deles principalmente por esse primo ser meu vizinho) eu gostaria de intitular essa história como: Também quero agredir ela, mas deixo pra você
A história começa quando meu primo estava namorando uma garota, vou chamar ela de Carls, e eles namoram desde que eu me lembro, tanto que eles estavam noivos(o namoro deles durou uns 8 anos). Mas antes do casamento eles decidiram criar um cantinho so pra eles então meu tio deu um terreno pra eles e lá eles começaram a construir sua casa. Desde sempre minha mãe e eu éramos muito amigas da Carls, pois ela já foi assistente da minha mãe e brincava comigo a uns anos atrás. A história começa no fim do carnaval quando eu e essa prima minha vimos umas fotos e publicações estranhas desse primo, logo criamos a teoria de que ele é a Carls haviam terminado. Não muito tempo depois, descobrimos que eles realmente haviam terminado. Eu e essa prima achamos que foi por traição(por conta de umas publicações dele, foi mt estilo FBI) mais descobrimos que foi algo bem pior. Descobrimos que esse primo pediu um tempo com a Carls, literalmente nos últimos dias do carnaval e logo depois saiu em um bloquinho com seu irmão mais velho e lá ele tinha se encontrado com outra garota e ficado com ela. Assim, descobrimos algumas coisas, no últimos(pelo que sei até agr) 3 anos de relação, ele estava traindo a Carls e enganando ela, fazendo ela pagar viagens e até coisas sobre o terreno da "casa" deles. Para piorar minha tia sabia e estava encobrindo tudo, o que gerou muita briga. Como disse, a Carls era muito amiga minha e da minha mãe então ela veio aqui em casa e explicou tudo, um dos amigos do meu primo contou tudo pra ela é mostrou provas também, depois disso meu primo até tentou reatar o relacionamento mas obviamente não deu certo. Rolou muita briga pois ela tinha gestado muito dinheiro com ele e agora ele teria que vender o carro pra conseguir pagar. Achamos que tudo tinha se resolvido, meu primo já não participava das festas em família e hoje ele faz festas ignorando a quarentena(mesmo morando ainda com os pais). Mas agora eu e minha prima não sabemos o que fazer pois a amante mais antiga dele, que ele estava namorando desde o fim do ano passado( e que sabia que na época ele namorava a Cals) agora e sua atual namorada. E óbvio que eu como amiga da Carls já não gostava da garota mas tentei ser simpática mesmo assim, tentei puxar assunto sobre livros, séries e filmes que são as coisas que mais amo e ela simplesmente não gostava de nenhum, cheguei a puxar o assunto de carros antigos que e um assunto que eu,meu pai e meu primo amamos e mesmo assim ela não conversava e não mostrava interesse nenhum de conhecer o resto da família. Eu realmente não quero ser grossa então comecei a só dar um "oi" ir embora pq estar perto deles era muito desconfortável, e essa prima minha está decidida a partir pra agressão se necessário(o que ainda não aconteceu graças a mim, por isso acho a garota muito sortudade de não conhecer ela ainda). Meu pai acha essa nossa atitude muito babaca e acha uma falta respeito(sim, nisso tudo meu pai estava do lado do meu primo) e por isso era pede para que a gente trate ela igual a Carls o que é impossível para mim e para minha mãe e minha prima. Essa foi a história lubisco e turma e desculpa pelo texto longo e me ajudem, sou babaca por ignorar eles e não tratar ela igual a Carls?
submitted by anaa3009 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.12 02:52 teamolubixco a rua da bosta

ola luba ,gatinhas , editor , pessoas do sexto andar , e possivel convidado ( estou fazendo no computardor entao desculpa a falta de acentuacao ), bem como pode ver no titulo vai ter muita merda acontecendo .
em 2018 eu , meus pais e meus irmaos nos mudamos para casa do meu tio ( ela ainda estava em contrucao , e tinha 2 andares , e ele estava terminando a parte de cima ) mais nessa casa nao tinha privada e nem chuveiro ( essa casa era ne um loteamento e nao tinha tantas casas) entao faziamos cococo na sacola e tacava no loteamento vizinho ,e tomavamos banho na caixa da aqua .
bem esse meu tio veio visitar essa casa dele e viu uma sacola de cococo que minha cachorrinha tinha rasgado ( nao sem como nao morreu ) e reclamou e como estavamos morando na construcao dele obedecemos .
entao achamos outros lugares para cagar maisss nem tuda navida e facil ja que cagavamos ne uma outra construcao , kkkk, minha mae me acorda e pede para eu a aconpanhar ( era umas 2 da madrugada ) , ela estava muita apertada entao saimos na carrera e assim ela cagou e quando terminou apareceu um policia .
_ei o que estao fazendo . ele entao pergunta
_viemos passsear. eu disse.
-eu sei o que estavam fazendo , estavao tentando roubar uma casa nao e ?
minha mae e eu ficamos sem o que dizer na hora ate que minha mae fala.
-estavamos namorando . eu olhei pra ela com uma cara de surpresa ate que ela me pega na cintura eu fiquem mais surpresa ainda e ele percebeu .
_o que tem atras de vcs ? ele veio ate nos eolho a bosta.
obs : ele postou no grupo de moradores e hoje em dia (fizemos nossa casa no lote do lado do meu tio ) todo tipo de entregador que chega e passa por nos pergunta .
-com licenca ,podem me dizer onde e a rua dabosta?
obs2: perde um crush por conta dessa situacao
espero que tenha gostado luba e turminha beijos >6
submitted by teamolubixco to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.09 04:22 ant_kpopper00 A "MELHOR AMIGA"

(Sou de Porto então pode fazer sotaque)
Olá luba, gatas, papelões, Editores, possível convidado e turma que está a lever. Bom, eu estava namorando a 2 anos com o meu vizinho, nós nos conhecemos por amigos em comum e saímos por 08 meses antes de começar a namorar. Ele tinha uma "amiga carinhosa" (vou chama-lá de Tars), antes de me apresentar a Tars, ele me disse que ela tinha um carinho muito grande por ele já que ele a conhecia a 6 anos e que ele havia ajudado a Tars a vencer sua depressão (eu sou muito insegura por coisas passadas que aconteceram, nunca demonstrei ciúme por medo de parecer possessiva), eu compreendi já que tbm sou muito carinhosa com meus amigos. Mas os carinhos da Tars eram muitos estranhos, pra começar quando saímos juntos, ela ficava no meio de nós e dizia que era pra ela não ficar de vela, mas ela sempre andava de mãos dadas com ele, ela o chamava de "baby" o tempo todo (apelido carinhoso que eu dei pra ele), ela fazia ofensas discretas sobre meu corpo para meu namorado como: "Ué, mas vc tinha me dito que gostava de garotas com coxas grossas" "A Alex não é muito magra?" e coisas do tipo, quando sentava botava sua mão na coxa dele (eu tinha medo de reclamar e acabar causando briga). Mas a gota d'água foi quando estávamos em uma festa e a desgraçada tinha bebido tanto que acabou falando toda a verdade e discutindo cmg. A vagabunda disse que eu era uma otaria por ainda estar namorando o moço, pois todas as vezes que eu saia com minhas amigas ele chamava ela pra casa dele e que eles furunfavam enquanto eu estava ausente, ela disse que ele nunca me amou e que eu era só um acessório, eu apenas respondi que, o acessório era ela, já que a namorada era eu e não ela (dei dab chorando), terminei com o garoto, que foi na minha aula de dança para me pedir perdão e ouviu o que não queria, disse a ele: "Não adianta pedir desculpas agora. Posso te perdoar, mas vc nunca mais terá minha confiança, muito menos qualquer tipo de relação cmg"
Bom Lubisco foi isso, beijos
submitted by ant_kpopper00 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.09 04:11 Lady_killer666 "A MELHOR AMIGA"

Olá turma, lubisco, gatas, etc etc que talvez estejam lendo isso, tenho muitas histórias mas pra primeira escolhi essa.
Bom, tudo começou quando uma menina e eu fizemos amizade, nos demos bem e com o tempo viramos melhores amigas, porém logo percebi que não podia contar com ela, quando tava mal e precisava muito de um abraço ou apenas conversar ela sempre interrompia pra falar de machos e blá blá blá, eu me interessei em namoro e tals meio tarde comparando com as pessoas ao meu redor que com 14 anos já estavam apaixonadas eu tava lá brincando com brinquedos que achava perdidos no meu quarto, porém quando eu comecei a me interessar por um menino aqui da rua msm, comentei com ela, e como ela msm dizia "eu vi ele primeiro,portanto eu gosto mais dele" e se ela tentasse algo óbvio q ele ia acabar ficando com ela, ja q eu n tinha nenhuma experiência no assunto e era super tímida, passei meu número pro tio dele passar pra ele jaq o tio dele é basicamente o vizinho da frente, ela deu o número dela tmb mas pra outro menino vulgo amigo desse garoto, comecei a conversar com ele e tals nd rolou, porém qnd ela veio aq em casa eu peguei o Cell dela pra mexer jaq sabia a senha e ela pediu ele em namoro pelo wpp msm óbvio q n gostei mas meu bom coração mandou eu fazer nd, até que muito tempo dps eu já nem gostava dele, um menino dizia gostar de mim isso foi fim de 2017 e ele tentava me beijar de surpresa só que eu não sentia o mesmo e já deixei claro, mas todos falaram que era a chance de eu tentar e tals e com o tempo me permiti gostar dele, eu não gostava pq evitava a todo custo esse sentimento, enfim ela queria q eu perdesse meu BV na frente dela e eu não queria, não naquele momento, ele ficou triste q n me beijou e ela ainda disse q beija ele então pra me ensinar depois de uns dias disso eu fui viajar e no ano novo ela coloca um status com a data daquele dia e um monte de coração, anel e um casal e eu perguntei se ela tava namorando e adivinha com quem? Exatamente com o menino que gostava de mim e q eu fui forçada a ficar porém n fiquei pq ela n manda em mim, e eu fiquei tão puta com ela que até hoje eu evito ela, sempre que ela pede pra vir aq eu invento algo diferente só pra ela n vir pq ainda tenho coração bom e não consigo dizer que não quero é isto lubixxco um beijo pra quem quiser =30
submitted by Lady_killer666 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.25 04:57 modelo_ofc _UM CHIFRE NO MEIO DOS MEUS OLHOS_

Ola luba e todos.. bom tinha uma melhor amiga há 5 anos ja,sempre contei tudo pra ela,e quando nós saia era eu q pagava oq ela comia e bebia pq ela nunca tinha dinheiro.. eu comecei a namorar com o vizinho dela e depois d 1 mes de namoro eu ja tinha a chave da casa dele, um dia d manhã cedo eu acordei com algo estranho,um sentimento ruim,liguei em vídeo chamada para ele,na chamada escutei uma voz q era parecida com o da minha amiga,perguntei pra ele quem estava com ele,ele fl q era a irma dele, bomm... n acreditei mas me fingi de tonta, chegando a noite eu estava com aquele sentimento ruim ainda,falei para ele q eu iria durmi pois estava mt cansada,MASSS, PEGUEI MEU CARRO E FUI ATE A CASA DELE (COISA Q ELE NEM IMAGINAVA Q IRIA ACONTECER) chegando la,entrei bem quieta para n acordar os pais dele, mas esbarrei com o pai dele na sala,ele me olho com um olhar surpreso,perguntei oq houve.. ele me fl q achou q era eu dentro do quarto do filho dele,eu comecei a chorar pois estava desconfiada fui ate o quarto dele abri a porta e a minha "amiga" estava deitada na cama dele...ELA ESTAVA SEM CAMISA,mas ele n estava n quarto perguntei pra ela onde q ele tava,ela me disse q ele foi no banheiro.. fiquei no quarto dele brigando com a minha "amiga" pq nunca esperava isso dela,sempre ajudei ela, ele voltou para o quarto e ainda n sabia q eu estava na casa dele,ele chego no quarto e me olhou assustado e eu avancei nele, o pai dele foi me tirar d cima dele,depois disso sai da casa dele e fui em direção ao meu carro para eu ir embora,ele veio atrás de mim, briguei com ele no meio da rua,tentei avança na minha "amiga" também mas o pai dele n deixava pq ele ficava me segurando,e assim embarquei no meu carro e fui embora. Eu e a minha "amiga" q n era mais amiga nunca c falamos mais.mas quando eu solbe q ela estava namorando fui e dei emcima do namorado dela tbm,n queria nd de mais só provocar mesmo rsrs, bom eu e ela discutimos mt e tal.. e decidi q eu ia ficar no meu canto e ia esquecer os dois.. mas ... na noite de natal, um primo de um ficante meu veio me contar umas coisas ABSURDAS que ela tinha ficado com o meu ficante e n era só ficado,ele durmiu na casa dela.. xinguei ele e ela no wats na noite de natal, nunca pensei q ela fosse tão talarica assim...
E é isso lubiscos espero q tenham gostado desse desastre da minha vida .. um bejuu pra vcs e até maixx🥰♥️😚
submitted by modelo_ofc to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.22 18:15 dentinho_top Sou babaca por preferir morar com minha irmã e odiar minha mãe?

Bem vou falar um pouco de antigamente para criar o contexto ok. Moramos eu, meu pai, minha mãe e minha irmã tudo junto, e minha mãe sempre briga com nós (claro qe as vezes é normal mas as vezes nao) ela acaba brigando com nós por motivos bobos e as vezes até sem nada ter acontecido, quando isso chega a um nível de ter qe chamar minha vó (mãe dela) é não estamos conseguindo acalmar ela, sempre quando chamamos minha vó para ve se consegue acalmar ela minha vó simplesmente passa a mão na cabeça dela falando qe ela está certa e tals. Como minha vó fez isso a vida inteira minha mãe acabou ficando "mimada" no quesito de "eu quero isso é ponto final" e as vezes é difícil de viver junto dela pq não podemos fazer nada qe queremos sem ela tbm querer.
(Isso foi na segunda a tarde)Bem agora qe contei um pouco vou começar a falar, como ja disse moramos tudo juntos e so trabalha meu pai e minha irmã, minha irmã tem 20 anos e trabalha em uma empresa de frango, la ela conheceu um rapaz e foram se conhecendo e tals até eles criarem um laço de amor, eles começaram a namorar escondido (até pq minha mãe nunca aceitou nenhum namorado da minha irmã mesmo ela ja sendo de maior) então eles foram namorando e um dia eles descuidaram naquela hora e tals e parece qe ela está grávida, então o menino foi em casa se apresentou, falou onde trabalha, fez faculdade e o mais importante falou qe ama minha irmã e quer assumir a criança. Meu pai concordou aceitou o namoro e falou que se precisar de ajuda ele está aqui, minha mãe tbm aceitou na hora mas ficou falando que esta a decepcionada com minha irmã (até que por um lado eu concordo por ela ficar assim pq deve ser um baita de susto descobrir) quando o menino foi embora e meu pai foi trabalhar descidimos ir na casa da minha vó (mãe dela) quando estávamos chegando la minha mãe simplesmente mudou de jeito e começou a falar novamente qe estava decepcionada, perguntava pq não tinha contado, se ela era um monstro e tals. Quando chegamos na casa da minha vó ela começou a chorar falando qe minha irmã tinha feito burrada qe ela ia parar de estudar (em nenhum momento minha irmã falou isso) qe essa criança ia ser uma aberração e mais um monte de baboseiras, minha vó como sempre passou a mão na cabeça e conseguiu acalmar ela e depois de um tempo nos três fomos embora, chegando em casa ela virou de face de calma ela virou para brava, ela começo começo fazer as mesmas perguntas novamente começou começou querer bater na minha irmã e até tentou se matar, nessa hora eu liguei para minha vó para nós ajudar então desceu ela minha tia e meu tio para ajudar, quando chegaram aqui ela fingiu que estava com as coisas no corpo falava que nós tínhamos machucado ela qe ela ia se matar, daí todo mundo tentou ajudar ela a se levantar mas ela não se ajudava e ficava se jogando no chão ou ficava enfrentando minha tia (sendo qe a mesma tem pavil curto) até que em um momento de briga briga elas começaram a se bater e tivemos que tentar separar, com esse briga briga minha tia e meu tio foram embora por causa da raiva deixando apenas minha vo, minha mãe fazendo o seu Teatro igual como faz sempre fingiu que tomou um remédio falando que ia se matar, como ela ja fingiu fazer isso várias vezes nem nos importamos, minha vó subiu para a casa dela e tivemos qe entrar. Eu e minha urma dormimos no mesmo quarto então estávamos juntas, minha mãe foi no nosso quarto fingiu estar grogue(realmente tava para perceber qe era fingimento) e depois de tava falacao ela foi sentou na cama da minha irmã e simplesmente começou a apertar a barrigada da minha irmã para ela perde a criança, quando ela apertava minha mãe falava assim "-Você vai perde essa criança e não vai precisar casar com aquele cara", minha irmã percebendo a situação tentou se defender e eu tive que intervir no meio(o que não adiantou nada ja que ela tem 80kg e eu simplesmente tenho 14 anos e uns 54kg) então minha irmã simplesmente gritou falando para eu ir na vizinha pedir ajuda, e eu fui correndo pedir ajuda, quando os vizinhos me atenderam foram até minhba casa e tiraram minha irmã de lá, eu levei ela até na casa da minha vó pedindo ajuda pois minha irmã chorava de dor na barriga, enquanto os vizinhos ficaram na casa com minha mãe. Quando chegamos na casa da minha vó meus tios levaram ela pro hospital e fiquei com meus avôs, até que não demorou muito ela chegou irritada me chamando para ir embora, eu apavorada falava qe não e meus avós tentava acalmar ela é me acalmar, não demorou muito e minha irmã chegou um pouco mais calma junto com meus tios, e minha mãe ja foi logo de unha e dente reclamar pq levaram ela pro hospital e novamente eles começaram a brigar, meu avô tem asma e começou a passar mal e eu tive qe ajudar ele a fazer inalação ou se não teríamos qe ir no hospital novamente, quando finalmente ela desceu embora minha vó arrumou um colchão para nós dormir ja qe era uma base de 10 da noite, mas quando pensávamos qe tudo tinha acabado estávamos erradas pq novamente ela subiu falando para irmos embora se não iríamos chamar o meu pai (o mesmo ja sabia de tudo mas não podia ir la ja que estava na roça) quando falávamos que não íamos ela saía e descia embora é não demorava 20minutos ela voltava falando a mesma coisa, ela fez isso umas 4 vezes e falava a mesma coisa, até qe resolvemos ir pq se não meu vô novamente iria passar mal, quando chegamos fomos para nosso quarto e ficamos juntas, minha mãe ao invés de se acalmar não ela começou a preprarar um monte de chá abortivo para minha irmã tomar, eu queria muito pode intervir mas não podia fazer nada então eu via minha irmã tomando contra sua vontade e vomitando, quando ela tomou tudo nesse meio tempo ja era umas 04 da manhã e meu pai ainda não tinha chegado, não dormimos por medo dela fazer algo a mais e esperamos meu pai chegar. Quando foi 06 da manhã meu pai chegou e foi tomar banho ( ele ja sabia oq tinha acontecido ja qe eu avisei ele) então como ja estava amanhecendo minha mãe faoou para minha irmã se arrumar para ir no hospital fazer o teste de gravidez, então nos arrumamos e fomos nos quatro, quando chegamos eu e meu pai ficamos no carro(ja que estávamos sem máscara) e as duas foram, assim qe elas sumiram de vista contei tudo para meu pai e ele apoiou nos e falou qe se ela não mudasse o jeito de pensar ela ficaria sem ninguém. Quando elas voltaram fomos para a casa é novamente fomos para o quarto, meu pai foi no banheiro e minha mãe achando que ele tinha saído entrou no quarto com um pau de vassoura e fechou nosso quarto(nossa porta não tranca então ela so enconstou) ela foi seca para bater na minha irmã e eu falava assim "-para que esse pau mãe? Pra que vc trouxe o pau?" Para alertar meu pai e nos ajudar, então quando minha mãe deu a primeira paulada na minha irmã meu pai entrou no quarto e entrou na frente (ele nunca bateu na minha mãe apenas entra na frente e deixa ela bater nele) então minha irmã com medo resolveu arrumar suas coisas, ela pegou sua cobertar e abriu ela é colocou um monte de roupas, amarramos ela e fomos pegar suas bolsas, meu pai conseguiu tirar ela até na sala oq foi bom ja que podíamos sair do quarto, minha irmã então olhou para meu pai e pediu chorando se podia sair de casa, meu pai simplesmente falou um sim, então foi eu e minha irmã com as roupas, subimos na casa da minha vó mas nos escondemos na casa da vizinha (na qual ela nunca saberia) a vizinha na hora deixou nos entrar e nos acalmou. Não demorou muito e minha mãe apareceu na casa da minha vó procurando nós é começou a xingar, gritar, brigar e foi literalmente o dia inteiro assim quando não brigava na casa da minha vó ia na casa do menino xingar ele. No outro dia(quarta-feira dia 20 agora) fomos na casa da minha vó pois como yenho 14 anos sou de menor e minha mãe tinha chamado o Conselho tutelar, comemos um pouco e fomos para o Conselho, quando chegamos estava minha mãe e meu pai e sentamos eu minha irmã e minha vó, começamos a discutir e a falar e no final não resolveu em nada. Então fomos embora, chegando la na casa da minha vó novamente deu a briga e meu vô a passar mal, eu simplesmente comecei a gritar com minha mãe pois meu vô começou a chorar ( e eu nunca vi ele chorar e isso realmente fez meus nervos subirem em um nível qe eu nunca vi) enquanto eu afastava ela do meu vô minha tia insistia nele ir no médico ver a pressão dele e a diabete dele. Até que ele aceitou e foi meu tio eu minha irmã e ele. Quando chegamos la ele novamente chorou enquanto média a pessao e a diabete dele, sua pressão não estava muito alta mas sua diabete estava a 290 (um nível muito alto mesmo), quando voltamos ela ainjda estava la brigando, e quando ela viu como estava a diabete do meu vô começou a falar que era por causa de bala( meu vô chupa e tals mas ele sabe quando pode e quando não pode) em momento nenhum ela pensou qe ela estava matando meu vô aos poucos. Até que por um milagre ela conseguiu se acalmar e tudo acalmou então almoçamos(menos ela) e descansamos, mas ela continuava a fala para irmos embora é tivemos que ir. Chegando la ela ficava perguntando aonde tínhamos dormido e eu falava que foi na casa de uma amiga chamada Júlia de outra cidade (ja qe eu não podia falar que foi na vizinha se não iria ser pior) e ela passou o dia inteiro fazendo as mesmas perguntas, chorando ou fingindo, pegou meu celular e ligou para um monte de Júlia até que em um momento ela bebeu veneno que fica na dispensa do meu pai e começou a falar qe estava com dor de cabeça. Então preocupadas tivemos qe chamar minhha tia para levar ela pro hospital ja que meu país estava trabalhando a noite. Chegamos la apareceu todo mundo meus avós, minha tias e meus tios, ela chegou ficou la até na Quinta feira dia 21, eu e minha irmã dormimos na casa da minha vó e quando acordamos ela ja estava la, aparentemente mais calma, então nos almoçamos depois e descemos em casa, ela estava mais calma e fingia qe não se lembrava de nada, chegou a noite e eu resolvi não dormi ja que eu tinha medo dessa "onda de calmaria" passase e ela tentasse fazer algo novamente, então eu e minha irmã revezamos o sono, eu fiquei até umas 03 da manhã eh minha irmã o resto. E aqui estou na sexta feira com ela um pouco calma mas esperta ainda, minha irmã está com marca roxa na barriga e eu saí sem marca roxa mas meu psicológico está totalmente acabado, estou com medo de dormi aqui em casa e com medo dela, sei que tudo bem ela ficar magoada por causa do namoro mas acho qe ela não tinha capacidade de fazer oq ela fez.
Então, eu sou babaca por preferir morar com minha irmã(se ela me convidar) e ter ódio da minha mãe por ela ser assim tão mimada a um nível qe ela irá ficar sozinha?
¤desculpe se ficou grande é pq foi literalmente 4 dias acontecendo isso e eu precisava saber. Se vcs quiserem que eu continue informando vcs me falem pois eu ainda acho que essa calmaria dela vai ter um fim e irá começar novamente a mesma coisa...¤
submitted by dentinho_top to TurmaFeira [link] [comments]


2019.12.04 03:04 cxnsxdz Parece mais interessante sentir inveja da vida dos outros do que tentar mudar a minha.

Tenho um vizinho que tem 18 anos, ano que vem completa 19 e já vai estar cursando o segundo ano em uma das melhores faculdades da minha cidade. Ele sempre estudou em escolas públicas, e o ensino médio fez na etec, eu concluí numa que é meia boca por aí... O fato é: eu tenho 18 anos e não fiz nada até agora, além de ser muito dependente... Fui mal no enem, não sei fazer redação, não sei a história básica do nosso país e a mundial, não sei fazer contas simples como de dividir e somar de cabeça... Eu não to preparado nem pra fazer compra na feira, capaz de eu ser tapeado na hora de receber o troco.
Única coisa que faço é sentir inveja dos outros.
Eu tenho o dia inteiro livre, vivo só com meu pai, ele trabalha e eu vivo as custas dele p tudo. Pareço criança, enquanto gente da minha idade já tá na faculdade, trabalhando e namorando.
O que eu faço o dia inteiro? Nada de útil.
Pq eu entraria numa faculdade? Eu passaria sufoco até na mais fajuta que tem aqui, eu tenho certeza disso. Não sei fazer nem resumo, quem dirá uma pesquisa em ABNT, e o pior, da pra contar nos dedos os seminários que fiz nos 3 anos de ensino médio, e pra piorar sou muito tímido. Chego a gaguejar.
Só queria viver a mesma vida boa que os outros, parece tudo tão fácil
submitted by cxnsxdz to desabafos [link] [comments]


2019.10.27 06:13 Sparta2504 ....

A realidade me tornou depressivo, não sei como lidar com isso. Não me importo mais com nada, somente comigo mesmo e minha família. Desde que saí das Forças Armadas, aprendi que a realidade é dura, não tem como ser feliz nesse mundo. Pessoas traem pessoas, perdemos o essencial das relações humanas, não estou me referindo a relacionamentos amorosos, e sim no contexto geral. Não podemos confiar no nosso colega de aula, colega de trabalho, vizinho ,e em alguns casos, até mesmo na nossa família. Pra não cair em profunda tristeza, procuro pequenos momentos de felicidade, sair com os amigos(poucos que tenho no máximo 4, o resto considero apenas conhecidos). Tem uma garota, que estou "namorando", que é certo que vamos terminar daqui há alguns meses, digo isso com certeza porque sei que ela está só empurrando nosso relacionamento com a barriga, até o círculo social diz muito sobre ela, mas não cabe ao caso. Enfim, tudo que eu queria era me afastar de tudo, me isolar em uma cabana, única coisa que me impede de fazer isso é minha mãe que necessita de mim, se tenho um pouco de humanidade é graças a ela. Aos poucos estou me isolando, exclui minhas redes sociais, eram coisas fúteis, não agregaram em nada pra mim. É isso...
submitted by Sparta2504 to desabafos [link] [comments]


2019.05.14 18:21 cafealmocojantar Propus contrato de namoro e meu namorado ficou ofendíssimo: e aí, devemos morar juntos ainda?

Transformando uma história longa numa curta: namoramos há 5 meses e tanto meu namorado como eu passamos a ter problemas demais em nossas respectivas casas e decidimos morar juntos. Mas há uma diferença significativa de renda entre nós, portanto, estou arcando com 90% das despesas e ele só com 10%.

Como amo muito ele e quero que esse relacionamento seja eterno enquanto dure, provavelmente ficaremos muito tempo vivendo juntos ao ponto de automaticamente cairmos na situação jurídica de união estável. Mas nunca falamos em nos casar, não combinamos que estamos juntando patrimônio. Apenas resolvendo juntos o problema habitacional que cada um tem.

Pedi então para registrarmos um contrato de namoro em cartório, um documento que já tem jurisprudência em que os namorados na frente do tabelião registram que estão apenas namorando, que não estão juntando patrimônio, que não é uma união estável, que não estão se casando embora muito se pareça como tal. Ao firmar o contrato de namoro, abre-se mão de herança e pensão. Sem esse contrato, vivendo juntos, divindo despesas, teto, sendo reconhecidos pela sociedade (vizinhos, amigos) como casal, automaticamente o casal vira união estável e na separação um pode pedir metade dos bens ao outro.

Aí vem a minha surpresa: meu namorado ficou OFENDIDÍSSIMO com meu pedido pelo contrato. E estou aqui esperando na imobiliária para pegar a chave do lugar onde moraremos juntos os próximos 12 meses pelo menos. Estou triste por tê-lo ofendido, gosto dele, não quero que ele se sinta mal. Mas também começo a ficar incomodado: se você tem uma dada intenção, por que se ofende em assinar num papel registrando que essa é a sua real intenção? E aí, devo ainda morar junto com ele se ele se continuar a se recusar a assinar o contrato?

Me ajudem, caros redditors.

EDIT 1: Talvez uma falha minha tenha sido falar do contrato de namoro justo hoje no dia da retirada de chaves do imóvel. Entendo a surpresa ou espanto dele. Mas também fico preocupado e triste com a reação e resistência dele.
EDIT 2: Segue página oficial de um cartório falando sobre o contrato de namoro.
EDIT 3: Segue um exemplo de texto de contrato de namoro.
submitted by cafealmocojantar to brasil [link] [comments]


2019.04.20 12:46 AlulimOfEridu Não seja esse cara, cuckado por 8 anos

Traduzido de: https://old.reddit.com/TheRedPill/comments/b0g0s3/dont_be_this_guy_cucked_for_8_years/
Olá a todos, eu gostaria de compartilhar uma história rápida para todos, eu trombei com um amigo e conforme conversávamos um dos nossos amigos em comum foi mencionado, e ele ainda é uma causa perdida.
Essa estória começa na nona série no ensino fundamental/média dependendo de onde vc mora, então vamos chamar esse cara de "Joe". Conheço esse cara desde a 7a série, e agora eu tenho quase 22 para dar um contexto, então isso é mais ou menos 10 anos. Pra ser honesto o Joe é basicamente um conhecido meu, mas sempre nos demos bem; acontece que eu também tenho um bom amigo chamado "Brad" que também é um bom amigo do Joe. Então na 9a série, uma menina chamada "Marie", que é 2 anos mais nova que a gente e que eu diria ser uma HB6/7 com bons peitos dependendo do seu tipo mas que eu consideraria bonitinha na melhor das hipóteses, foi transferida pra nossa escola.
Deixa eu descrever Brad e Joe rapidinho. Brad tem mais ou menos 1,80m e mais ou menos 86kg eu diria, e no final jogava futebol (americano) e fazia wrestling no ensino médio. Mesmo com 14 anos Brad já é muito maior que basicamente 99% na nossa escola e é simplesmente grande pra caralho simplesmente pela sua genética. Joe, por outro lado, tem mais ou menos 1,65m e mesmo na 7a série já era gordo pra caralho, digo mais de 90kg, então é ruim. Ele é um cara legal mas ele tem um humor auto-depreciativo onde ele faz piadas sobre como ele é gordo e em geral simplesmente age de uma forma meio autista, é difícil descrever mas vc deve entender a essência. Ele sempre foi meio que um beta, onde ele emprestava dinheiro e dava coisas de graça pros outros mas não ganhava nada em retorno exceto pela amizade (?).
Agora Brad sempre foi um player e já é bem sexualmente ativo, então ele age e começa a comer a Marie rapidinho, mesmo na 7a série a Marie já é meio que uma vadia kkkk. Agora como Joe e Brad são basicamente vizinhos, eles já passam um bom tempo na casa do Joe, e como Brad tá "namorando" a Marie, os três passam um bom tempo juntos. Para Joe, foi amor a primeira vista, e ele segura vela para Brad e Marie o tempo todo que eles estão "namorando", além de pagar pelos encontros deles e todo tipo de merda, bem patético na minha opinião.
O Brad só namora/come a Marie por alguns meses e então sai fora bem rápido porque ele nota que Marie é na verdade louca pra caralho e tem um monte de problemas psicológicos e problemas com o pai. Então agora nós estamos no ensino médio e Joe já foi posto na friendzone há um bom tempo mas ainda assim faz questão de passar todo o tempo possível com Marie, que agora está na 8a série, mandando msg e passando tempo com ela quando ele tem tempo, e também segurando vela com Marie e seu novo namorado. Então durante todo o ensino médio, Joe passa tempo com Marie sempre que ele pode, e conforta Marie toda vez que ela termina com o mais novo namorado. Vc vê onde eu quero chegar né?
Fica pior, nesse ponto eu já não vejo mais esse pessoal tanto, nós todos seguimos em frente mas eu tento entrar em contato quando dá. Cerca de 3 anos atrás, eu fui pra casa do Joe para uma festa e depois de algumas horas, era só eu, Brad, um cara aleatório e Joe. Então nós já estávamos bem bêbados a esse ponto e Joe confessa que ele tá segurando vela pra um outro casal, mesmo depois de todas as vezes ao longo desses anos em que nós tentamos intervir pra evitar que ele fosse corneado, ele não consegue evitar se apegar a garotas que já estão namorando. Então a esse ponto ele já segurou vela pra Marie por tipo 5-6 anos, ele arrumou um emprego onde ele fica na friendzone de uma outra guria, e antes dessa guria no novo emprego ele tava na friendzone de novo. Vê o padrão?
Então nós completamos o círculo nessa história onde eu trombo no Brad hoje e nós botamos o assunto em dia. Brad menciona que ele e seus amigos fizeram outra intervenção sobre essa merda sabe lá quantas vezes. Então depois de 2-3 anos sem ouvir do Joe, ele está de novo segurando vela/na friendzone pra Marie, dando carona pra ela e pro novo namorado por aí e comprando coisas pra eles o tempo todo. Joe também terminou a escola e agora tem ainda mais renda extra pra gastar com a Marie.
Que isso seja uma lição senhores, algumas pessoas simplesmente não aprendem. Eu tava caindo de volta no programa Pílula Azul recentemente, mas depois de digitar tudo isso, eu preferiria me matar que terminar como o Joe.
NLNL: Alfa pega, Beta paga.
submitted by AlulimOfEridu to PilulaVermelha [link] [comments]


2017.03.30 17:01 cavalo-marinho [Desabafo] Minha sogra apanhou do namorado

Observação: Eu estou há 500km de distância e nem sequer falo diretamente com a minha sogra, então a versão que eu tenho é do que a minha namorada conta pra mim.
A mãe da minha namorada estava namorando um agente penitenciário. Já faz mais de um ano que ela vive brigando com o cara e depois reatando. Eu nunca entendi porque ela continuava voltando com ele, pois sempre me descreveram ele como bem abusivo. Sem contar que toda vez que tinham qualquer briguinha o cara pegava de volta tudo que deu de presente pra ela e até mais (ex: ela comprou uma televisão e parcelou em não sei quantas vezes. O cara pagou uma das parcelas pra ela. Quando brigaram ele levou a TV embora). Depois ele volta, compra uma TV nova pra ela. Brigam, ele leva embora. E assim seguia.
Recentemente descobri que na verdade a minha sogra não estava reatando o namoro, mas na verdade o cara que fingia que nunca tinham terminado. Invadia a casa dela e se sentava no sofá pra assistir TV como se nada tivesse acontecido. Uns dias atrás minha sogra tentou se esconder na casa de uma irmã dela que estava viajando. Alguém contou pra ele, ele chamou um chaveiro (pelo que entendi esse chaveiro trabalha pra delegacia) e invadiu a casa da irmã também, levando minha sogra a força de volta pra casa.
Várias vezes minha sogra tentou denunciar o cara, mas o delegado só dizia: "ele nunca bateu em você então não podemos fazer nada". O delegado, o juiz e a maioria dos policiais são muito amigos dele e frequentemente jogam futebol juntos.
Na semana passada, a filha do cara disse que queria largar a faculdade. O cara ficou bravo, bebeu até quase não se aguentar mais em pé. Depois invadiu novamente a casa da minha sogra, derrubou a porta do quarto que também estava trancado e bateu na cara da minha sogra com uma lata de cerveja. Ela caiu de barriga no chão, então ele começou a dar socos nas costas dela. Minha sogra conseguiu derrubar um computador, assustando ele. Depois disso ela conseguiu correr pra sala e ligar para a polícia e o cara fugiu correndo.
Minha sogra teve a sorte de que estavam na cidade uma delegada e uma juíza de uma cidade vizinha. Pela primeira vez ela foi ouvida na delegacia. O ex-marido dela, delegado lá do outro lado do país também conseguiu ajudar para agilizar as coisas e ela conseguiu uma ordem de restrição. O cara agora estava proibido de chegar perto dela e de ligar para ela.
No dia seguinte o cara manda uma mensagem pra ela: "Tá vendo o que você fez? Vou ser preso agora! HAHAHAHA" Um vizinho dela virou a câmera que tem na frente de casa para filmar a entrada da casa da minha sogra e flagrou várias vezes o cara observando a casa. Minha sogra se escondeu na casa de uma ex colega de trabalho na maior parte do tempo, mas enquanto estava em casa ainda chegou a ver o cara tentando invadir pelos fundos. Ela fingiu que estava falando com a polícia e ele fugiu de novo.
Ele tentou ligar para ela e continuou mandando mensagens do tipo: "Porque você tá dizendo pras pessoas que eu bati em ti? Eu tava bêbado, não lembro de nada."
Hoje a juíza marcou uma "reunião de reconciliação" para daqui a 2 meses, alegando falta de provas (a única marca que ficou no corpo foi um corte na cara). Já convidei minha sogra para vir morar comigo várias vezes, mas ela não gosta de cidades grandes e também não quer ir para longe da família e do lugar onde cresceu, nem deixar a casa que lutou pra conseguir pro cara fazer o que quiser.
Eu não consigo imaginar outra saída para ela a não ser pedir ajuda para os árabes que "mandam" na cidade. Minha sogra já trabalhou para um e ele tem muito afeto por ela, mas se o ex-chefe dela descobrir o que aconteceu, é muito provável que ninguém nunca mais tenha notícias desse cara.
submitted by cavalo-marinho to brasil [link] [comments]


Namorando O Vizinho - SonharCom.Co